ÁREA DO CLIENTE

Consulte o andamento do seu processo

NOTÍCIAS

Newsletter

Endereço

Avenida Princesa Isabel , 15 , Conj. 1710/1712
Centro
CEP: 29010-361
Vitória / ES
+55 (27) 32223106+55 (27) 30267037

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,30 5,30
EURO 5,53 5,53

Previsão do tempo

Hoje - Belo Horizonte,...

Máx
24ºC
Min
13ºC
Predomínio de

Quarta-feira - Belo Ho...

Máx
24ºC
Min
14ºC
Predomínio de

Quinta-feira - Belo Ho...

Máx
24ºC
Min
12ºC
Predomínio de

Hoje - São Paulo, SP

Máx
25ºC
Min
14ºC
Predomínio de

Quarta-feira - São Pa...

Máx
25ºC
Min
15ºC
Predomínio de

Quinta-feira - São Pa...

Máx
21ºC
Min
13ºC
Predomínio de

Hoje - Rio de Janeiro,...

Máx
25ºC
Min
19ºC
Predomínio de

Quarta-feira - Rio de ...

Máx
25ºC
Min
19ºC
Predomínio de

Quinta-feira - Rio de ...

Máx
27ºC
Min
20ºC
Predomínio de

Hoje - Guarapari, ES

Máx
27ºC
Min
18ºC
Predomínio de

Quarta-feira - Guarapa...

Máx
28ºC
Min
17ºC
Predomínio de

Quinta-feira - Guarapa...

Máx
29ºC
Min
17ºC
Predomínio de

Hoje - Vitória, ES

Máx
28ºC
Min
21ºC
Predomínio de

Quarta-feira - Vitóri...

Máx
27ºC
Min
20ºC
Predomínio de

Quinta-feira - Vitóri...

Máx
28ºC
Min
20ºC
Predomínio de

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .

DECISÃO: Garantida a um agente de trânsito pontuação referente a atividade de natureza policial em prova de títulos de concurso da Polícia Rodoviária Federal

 A 5ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) garantiu a um agente de trânsito, candidato ao cargo de policial rodoviário federal, a pontuação referente à atividade de natureza policial, em prova de títulos de concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em concurso público realizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos ( Cebraspe).   O Colegiado suspendeu a decisão que negou o pedido do agente de trânsito, porque o edital do certame previu a pontuação somente para os candidatos que ocuparam cargo público de natureza policial, em instituições do Sistema de Segurança Pública, previstas no artigo 144 da Constituição Federal. No caso, o juízo de primeira instância considerou que ele não se enquadrava no edital.   O candidato interpôs apelação contra a decisão alegando que foi agente de trânsito do município de Campina Grande/PB entre 2012 e 2017, quando passou a integrar o sistema de segurança pública como agente penitenciário federal, desempenhando atividade de natureza policial.   No recurso, destacou ainda que, de acordo com a Constituição Federal, a segurança viária faz parte da segurança pública e que a Lei n. 13.675/2018 estabeleceu que os agentes de trânsito são integrantes operacionais do Sistema Único de Segurança Pública.   O relator, juiz federal convocado Paulo Ricardo de Souza Cruz, destacou em seu voto que desde a Emenda Constitucional n. 82 de 2014 os agentes de trânsito passaram a integrar a categoria de Segurança Pública, consequentemente, aqueles que atuam nessa área podem ter reconhecida sua atividade como de natureza policial. Portanto, é desarrazoada a norma do edital que restringe a pontuação do título ao exercício da atividade de agente de trânsito, deixando de considerar o certificado apresentado pelo apelante. “O princípio da vinculação ao edital deve ser aplicado em consonância com o princípio da razoabilidade que também norteia a conduta do administrador público”, afirmou.   Além disso, o magistrado destacou que é “ilegítima a não atribuição da pontuação respectiva em prova de títulos quando a natureza policial do agente de trânsito é reconhecida pela Lei n. 13.675/2018 como parte integrante do Sistema de Segurança Pública previsto no art. 144 da CF (art. 144, § 10, da CF/88 e art. 9º, § 2º, XV, da Lei 13.675/2018)”.   A 5ª Turma do TRF1, por unanimidade, deu provimento à apelação, nos termos do voto do relator.   Processo 1003093-41.2019.4.01.4100   Data do julgamento: 27/04/2022 Data da publicação: 02/05/2022   PG Assessoria de Comunicação Social Tribunal Regional Federal da 1ª Região
18/05/2022 (00:00)
Visitas no site:  1885487
© 2022 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia